quinta-feira, 18 de julho de 2013

Anunciados os selecionados para o 46º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro


Trinta filmes nacionais participam das cinco mostras competitivas

Diversidade é a marca da 46ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB), que acontece entre 17 e 24 de setembro, no Cine Brasília. A lista dos 30 títulos selecionados para as cinco mostras competitivas foi anunciada na manhã de hoje.

"O Festival é um patrimônio do DF, e é com grande orgulho que anunciamos a lista dos selecionados, que incluem filmes de todo o país, o que demonstra o prestígio do evento no meio cinematográfico", afirmou o secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, ao anunciar os selecionados,.

Entre os longas de ficção estão "A Estrada 47 (A Montanha)", que traça momentos da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial, e "Avante Popolo", que lança um olhar sobre a difícil relação entre pai e um filho, separados pelo tempo.

Na mesma categoria compete "Depois da Chuva", uma história de transformação ambientada nos protestos das Diretas Já, enquanto "Exilados do Vulcão" mostra uma trama pessoal sobre a visita ao passado.

Completam a lista "Os Pobres Diabos", história de um circo teatro que perambula pelo sertão e "Riocorrente", história de pessoas de diferentes que se cruzam.

Entre os seis selecionados para a mostra de longas documentais são tratados temas como a trajetória do documentarista Silvio Tendler, em "A Arte do Renascimento – Uma Cinebiografia de Silvio Tendler" e o cotidiano do grupo étnico angolano Herero, em "Hereros Angola",
O dia a dia de uma favela carioca pacificada é o mote de "Morro dos Prazeres", e os múltiplos olhares sobre a Missão Sangradouro, no Mato Grosso, são o tema de "O Mestre e o Divino".

O "Outro Sertão", revisita a viagem do escritor mineiro Guimarães Rosa a Alemanha nazista e "Plano B", segue os passos de um filme brasiliense dos anos 1960 proibido pela ditadura militar.
NÚMEROS – O gigantismo dos números do festival demonstra o vigor com que a mais antiga mostra competitiva do país chegou aos seus 46 anos, quando recebeu 480 inscrições – 63 longas documentais, 39 longas ficcionais, 240 curtas de ficção, 103 documentários em curta metragem e 35 curtas de animação.
Este ano o festival volta a sua casa original, o Cine Brasília, que se encontra na reta final de sua completa restauração e reestruturação, com entrega prevista para a abertura do festival, no dia 17 de setembro.
"Nessa edição, o Festival volta para sua casa original. Devolver a casa do cinema brasiliense é um compromisso que o governador Agnelo Queiroz que nós entregaremos agora, após ele passar pela maior reforma desde sua construção", completou o secretário.
Na data será exibido o filme "Revelando Sebastião Salgado", documentário inédito que traça um panorama sobre a vida e a obra do mais conhecido fotógrafo brasileiro, conhecido por suas imagens em preto e branco e luz marcada sobre pessoas ao redor do mundo.
Veja os Filmes selecionados nas cinco categorias da mostra competitiva:

Longa-metragem ficção:
1. A Estrada 47 (A Montanha), de Vicente Ferraz, 106min, RJ, 2013
2. Avanti Popolo, de Michael Wahrmann, 72min, SP, 2013
3. Depois da Chuva, de Cláudio Marques e Marília Hughes, 90min, BA, 2013
4. Exilados do Vulcão, de Paula Gaitán, 125min, RJ/MG, 2013
5. Os Pobres Diabos, de Rosemberg Cariry, 98min, CE, 2013
6. Riocorrente, de Paulo Sacramento, 79min, SP, 2013

Longa-metragem documentário:
1. A Arte do Renascimento - Uma Cinebiografia de Silvio Tendler, de Noilton Nunes, 72min, RJ, 2013
2. Hereros Angola, de Sergio Guerra, 99min, BA, 2013
3. Morro dos Prazeres, de Maria Augusta Ramos, 90min, RJ, 2013
4. O mestre e o Divino, de Tiago Campos, 83min, PE, 2013
5. Outro Sertão, de Adriana Jacobsen e Soraia Vilela, 73min, ES, 2013
6. Plano B, de Getsemane Silva, 84min, DF, 2013
Curta-metragem ficção:
1. Au Revoir, de Milena Times, 20min, PE, 2013
2. Fernando que Ganhou um Pássaro no Mar, de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., 20min, RJ, 2013
3. Lição de Esqui, de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro, 23min, CE, 2013
4. Sylvia, de Artur Ianckievicz, 17min18, PR, 2013
5. Todos os dias em que sou estrangeiro, de Eduardo Morotó, 20min, RJ, 2013
6. Tremor, de Ricardo Alves Jr., 14min, MG, 2013

Curta-metragem documentário:
1. A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?, de Rafael Urban e Terence Keller, 25min, PR, 2013
2. Carga Viva, de Débora de Oliveira, 18min, MG, 2013
3. Contos da Maré, de Douglas Soares, 17min35, RJ, 2013
4. Luna e Cinara, de Clara Linhart, 14min, RJ, 2012
5. O canto da Lona, de Thiago Brandimarte Mendonça, 25min, SP, 2013
6. O gigante nunca dorme, de Dácia Ibiapina, 15min, DF, 2013

Curta-metragem animação:
1. Deixem Diana em Paz, de Julio Cavani, 10min, PE, 2013
2. Ed., de Gabriel Garcia, 13min56, RS, 2013
3. Engole ou Cospervilha?, de Marão, David Mussel, Pedro Eboli, Fernanda Valverde, Jonas Brandão, Giuliana Danza, Gabriel Bitar e Zé Alexandre, 8min, RJ, 2013
4. Faroeste - Um Autêntico Western, de Wesley Rodrigues, 18min25, GO, 2013
5. Quinto Andar, de Marco Nick, 7min40, MG, 2012

6. RYB, de Deco Filho, 4min, DF, 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário