domingo, 2 de junho de 2013

Olha o jeito de nossos monumentos



Brasília ainda apresenta problemas estruturais em seus principais pontos turísticos, a meros 13 dias da partida Brasil x Japão, que abre a Copa das Confederações, no dia 15.

E o que os turistas vão encontrar? A resposta não é nada animadora, afinal inúmeras queixas foram feitas pelos visitantes da capital do País, durante uma ronda feita pela reportagem do Jornal de Brasília em alguns dos principais monumentos da cidade. Reclamações como banheiros interditados, bueiros destampados, calçadas esburacadas, teto quebrado, fiação exposta e lixo, entre outras.

Quem avista a Torre de TV Digital pode contemplar a beleza da arquitetura. Porém, o mais jovem monumento de Brasília, apelidado de “Flor do Cerrado”, está com os banheiros interditados. O aviso, em breves palavras, irrita os visitantes.

O monumento fica em Sobradinho, a 20 quilômetros do centro de Brasília. A solução mais imediata tem sido o uso dos banheiros químicos. A aposentada Maria Helena Borges, 69 anos, questiona se essa é a maneira mais adequada de se receber um idoso ou deficiente.

“É um absurdo, mas é o jeito. Eu, por exemplo, que necessito ir muito ao banheiro, tenho que encarar estes sanitários que estão em péssimas condições de limpeza”, assegura. Ela veio de Maceió (AL) para visitar a cidade. “Ainda falta muito para recepcionar melhor as pessoas.”

Já a mineira Maurícia Campos, 32 anos, descreve que não viu um transporte público eficiente. Para visitar a cidade, ela tem contado com a carona da amiga Lina Tereza Oliveira, 42 anos. “Ou você tem muito dinheiro e só anda de táxi ou aluga um carro, senão vai perder horas esperando um ônibus. Precisa melhorar a facilidade de acesso”, menciona Maurícia.

Calçadas esburacadas
E para ver Brasília de cima, nada melhor do que uma visita à Torre de TV. Contudo, a obra no local – que parece não ter fim – promete ser entregue antes da Copa das Confederações. O tempo passa e as calçadas esburacadas – algumas com restos de cerâmica – têm pedaços de ferro que apresentam riscos à comunidade. O projeto de reforma teve início em setembro de 2011.

O servente Mauro Gonçalves, 30 anos, está convicto de que esta é uma maneira ruim de receber os convidados para o evento esportivo. “Dava para melhorar muita coisa. Sou brasiliense e fico com vergonha de receber as pessoas nestas condições”, dispara.

Já o baiano Gilberto Alcântara, 21, ficou espantado com a fiação exposta na Biblioteca Nacional. “Sou eletricista e reconheço o perigo. Além do choque elétrico, a estrutura do teto está a ponto de desabar. É assustador”, resume. E outra situação merece atenção. “Olha como este buraco no teto serve de moradia para os pombos. As fezes do pássaro são transmissores de doenças”, mostra, para a reportagem.

Saiba mais
O Estádio Nacional Mané Garrincha, que receberá a abertura da Copa das Confederações e sete partidas da Copa do Mundo de 2014, tem sido um dos monumentos mais visitados da capital federal.

Os números do estádio impressionam. São 74 camarotes, 54 bares e lanchonetes, dois restaurantes e 465 refletores.

Ao todo, 76% dos ingressos já foram vendidos.

Os jogos da Copa das Confederações de 2013 ocorrerão entre os dias 15 de junho (jogo de abertura) e 30 de junho (partida final).

O primeiro jogo será Brasil x Japão, em Brasília, às 16h.

Para quem vai visitar a Catedral, é importante saber relacionar o formato do monumento à coroa de espinhos de Jesus Cristo, formada por 16 pilares que se unem no topo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário