segunda-feira, 20 de maio de 2013

Oficializada Festa do Divino como patrimônio do DF



 O decreto que reconhece a Festa do Divino Espírito Santo de Planaltina como patrimônio Cultural Imaterial do DF foi assinado hoje pelo governador Agnelo Queiroz, durante o último dia de celebrações.

Patrimônio Cultural Imaterial é um título concedido a costumes, cerimônias e tradições de comunidades que são repassadas de ancestrais aos seus descendentes ao longo dos anos.

"Uma festa de 153 anos deve ser valorizada, pois mantém a tradição religiosa da cidade. Queremos consolidar e preservar essa cultura para as gerações futuras", disse o chefe do Executivo.

O decreto que transforma a festa em patrimônio cultural será publicado no Diário Oficial do DF amanhã.

"Com o decreto, agora podemos garantir mais um instrumento para a manutenção da festa", completou o governador, lembrando que a celebração faz parte do calendário oficial do GDF.

HISTÓRIA - A Festa do Divino é realizada sete semanas depois do Domingo de Páscoa, no dia de Pentecostes, para comemorar a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos.

O evento é segunda maior celebração da igreja católica da região, envolve milhares de moradores e só perde para a Via Sacra, encenada no Morro da Capelinha.

Durante vários dias, um grupo de fiéis montados em cavalos percorre as fazendas da região, movimentação conhecida como giro, rezam e cantam em louvor ao Divino Espírito Santo, enquanto os templos da cidade realizam missas em comemoração.

Este é um momento muito especial pois reafirmamos nossa fé, motivados pelo Espírito Santo e agradecemos a cada um o apoio durante os oito dias de celebração" disse Camilla Karen de Barros, uma das anfitriãs do evento.

Também participou do encerramento da Festa do Divino e da assinatura do decreto o vice-governador do DF, Tadeu Filippelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário