quarta-feira, 22 de maio de 2013

Jovem com 112 passagens pela polícia é preso por estelionato


 A prisão ocorreu após o suspeito praticar o crime em um edifício de Águas Claras

Um jovem de 18 anos foi preso na noite desta terça-feira (21/5), após praticar o crime de estelionato, em um Edifício de Águas Claras. 

Ao prender o suspeito, Gabriel Felipe da Silva, com R$ 50 (dinheiro do crime), a polícia descobriu que ele tinha 112 passagens pela polícia por estelionato (98 antes de fazer 18 anos e 14 após completar a maior idade penal).

De acordo com a Polícia Civil, para praticar o crime, o suspeito descobria o nome de um morador de um determinado edifício e pedia ao porteiro para falar com a pessoa pelo interfone. Depois, mentia dizendo que a pessoa havia deixado ele subir. Ao entrar no prédio, o suspeito batia de porta em porta pedindo dinheiro.

Na semana passada, Gabriel foi preso após ter acesso ao oitavo andar do anexo do Palácio do Buriti, mas foi solto em seguida. O suspeito também já praticou o crime em outros prédios públicos, como o Hospital de Base de Brasília (HBB), Senado, Câmara dos Deputados e Universidade de Brasília (UnB).
 
Ele vai responder por estelionato e a pena pode varia entre um e cinco anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário