segunda-feira, 20 de maio de 2013

GDF prevê a contratação de 6,4 mil concursados no ano que vem


 Reforço será, principalmente, para as áreas de saúde, a segurança e a educação do Distrito Federal. Outros R$ 477 milhões estão previstos para reajustes e outros benefícios aos 72 mil funcionários da administração direta, ativos e inativos

Hospitais devem receber mais investimentos no ano que vem (Rodrigo Antonelli/Esp. CB/D.A Press)
Hospitais devem receber mais investimentos no ano que vem


O Governo do Distrito Federal (GDF) prevê a contratação de 6,4 mil novos concursados em 2014, o que representará um impacto de R$ 221 milhões nos cofres públicos, como anunciaram, ontem, representantes da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do DF. A verba deve sair dos R$ 19,4 bilhões de orçamento estimado para o próximo ano e previsto no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO). A proposta foi encaminhada à Câmara Legislativa do DF (CLDF) pelo Executivo no último dia 15. Se somada aos valores oriundos do Fundo Constitucional do DF — destinado às áreas de saúde, educação e segurança —, a receita chegará a R$ 31,5 bilhões.

Segundo o secretário de Planejamento do DF, Luiz Paulo Barreto, desde 2012, o Executivo segue a tendência de reforçar as equipes de áreas consideradas prioritárias. “Temos dado maior atenção à saúde, educação e segurança. Portanto, nada mais previsível do que as maiores convocações (para 2014) virem dessas áreas”, adiantou. Outros R$ 477 milhões estão previstos para reajustes e outros benefícios aos 72 mil funcionários da administração direta, ativos e inativos, do Distrito Federal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário